Diários do Tempo – Página #02 Uma Antiga Poesia

Diários do Tempo
Diários do Tempo – Página #99 Dos Silts: Origem e Histórico
27 de novembro de 2017
Diários do Tempo

E cá estou eu novamente!!!

A última página que postei me despertou sentimentos incríveis, e a de hoje não fica tão atrás.

A página de hoje é uma poesia, a primeira vez que escrevi inspirando-me diretamente em um elemento do Tibia, muitos amigos meus de longa data já conhecem essa poesia, e atualmente ela adquiriu um significado maior que será postado na próxima publicação dos Diários do Tempo, ou seja, a poesia é um Prólogo para a próxima história.

Sem mais delongas, vamos para a poesia?

Tibia e Old Widow

A temível líder das Aranhas Gigantes


 

Estava revirando os pertences de meu pai, Crono, quando me deparo com a poesia abaixo, será que foi ele que escreveu isso?


Chrono

 
 

A Velha Viúva

Sozinha,
Procura uma vítima
Para saciar sua fome insaciável...

Silenciosa,
Percorre as Planícies
À procura de sangue...

Feroz,
Dilacera suas pobres vítimas
Sem piedade, sem compaixão.

A Velha Viúva
Nas Planícies da Destruição
É o terror dos aventureiros,
É o começo do fim...

Silenciosamente as leva
Para um escuro vazio
Vazio...
Escuro...
Vazio...
Vazio...

 

Qualquer dúvida, sugestão, comentários, entrem em contato conosco, seja no Fórum (link abaixo) ou na nossa Página no Facebook

E por hoje é só, pessoal! Fiquem ligados na continuação dessa história, espero que vocês gostem, pois para mim foi algo muito especial o desenrolar disso tudo.

Abraços do Ville!

ARTIBIA

Diários do Tempo

Ville
Ville

Um escritor, Poeta, Engenheiro, gamer, nerd, geek, entre outros rótulos.
Ou não.
Apenas um observador, no fim das contas.